De uma só vez o Bootstrap grita ao mundo dev: sem suporte ao IE, sem necessidade de jQuery.

Além de gostarmos muito do Bootstrap como um framework ou biblioteca principalmente no que diz respeito à auxiliar na diagramação de páginas, o Bootstrap versão após versão vem se consolidado em um tomador de decisões.

Disponível na versão alpha ainda em https://v5.getbootstrap.com/

Na versão 4, por exemplo, foi abandonado o suporte a LESS e escolhido apenas SASS como pré-compilador CSS do projeto.

Também foi retirado o pacote de ícones que vinha nativo obrigando todo desenvolvedor a escolher e especificar isso no projeto. Esta medida, gerou repercussão e correram para resolver isso na versão 5 e significa que nem toda decisão tomada foi bem aceita e definitiva mas nos impressiona muito a ATITUDE.

E por que isso é importante?

Em uma apresentação de Pete Goodliffe, autor de  “Como Ser Um Programador Melhor”, ele mostra um caminho bem interessante para quem deseja seguir no caminho para se tornar um programador melhor a partir de uma pergunta: como se tornar um programador melhor?

O caminho natural é treinando e exercitando mas também vendo como bons programadores atuam e isso é possível fazer com códigos de outros projetos no Github.

Por isso, entender o que grandes projetos (principalmente open source) estão fazendo é vital para que não seja desprendido tanto tempo produtivo seu com problemas e assuntos que grandes equipes já tem estudado. Na maioria das vezes, a solução dos grandes projetos e os caminhos que estão adotando dão o direcionamento correto para você.

Recomendamos fortemente a leitura do livro disponível em: https://www.amazon.com/Como-Programador-Melhor-Portuguese-Brasil/dp/8575224158

BOOTSTRAP DE ATITUDES

1. Remoção do jQuery

Para alguns, o óbvio, para outros, a loucura.

O fato é que não faz mais parte e recentemente li um artigo muito completo sobre o jQuery em 2020 e o autor explica por A + B porque não é mais necessário mostrando exemplos didáticos como não usar jQuery e fazer com JavaScript nativo provavelmente a maioria das funções que conhecemos em jQuery.

Este artigo do Flavio Copes foi um dos mais bem escritos sobre o assunto com exemplos como:

Veja mais exemplos como este no artigo completo em https://flaviocopes.com/jquery/

Ao jQuery, nossos sinceros agradecimentos pelos anos de serviço prestados.

2. Sem suporte para IE 10 e IE 11: Game Over

Bootstrap 5 não terá mais funções, estilos e/ou qualquer outro método que se preocupa com a compatibilidade com IE 10 e IE 11.

Como a própria Microsoft vem adotando anúncios em relação ao desligamento deste navegador incluindo deixando de dar suporte chegou a vez também dos projetos em deixar de lado um pouco algumas limitações e se preocupar com os navegadores que estão se atualizando com as novas e incessantes demandas do HTML, CSS e Javascript.

Lógico que, alguns _workarounds já foram detalhados para quem precisar ainda de uma compatibilidade mínima.

Ao Internet Explorer, nossos sinceros agradecimentos por fazer da função de um web developer mais até do que simplesmente programar pois aguçou os instintos mais primitivos em desenvolvedores e clientes.

3. Responsividade 2 em 1: Px por Rem e Responsive Font Size (RFS)

Sim, adeus pixels e Hello World for Rem. Será a unidade de medida no Gutter para as grids e responsividade.

O projeto RFS https://github.com/twbs/rfs entrou em ação com repositório próprio e incorporado agora à versão 5.

4. E o CSS?

Mudou pouco, poucas trocas.

Ao que parece, a mudança foi mesmo de atitude!

 

Referências para este post:

 

E aí, curtiu? Compartilhe ou marque seu amigo aqui neste post!!!

1 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like